Páginas

terça-feira, 19 de novembro de 2013

desabafos linguisticos

O Tiago e a Sara foram, no domingo, com o pai almoçar á avó.
O Tiago levou um bloco e foi escrevendo:
"Vi um carro branco, muitas arveres cinco paçaros brancos, flore cor-de-rosa, uma orta, uma palmeira, um trabalho, uma casa pequena, muinta relva, um gato branco, algoma erva e feno, mesas de pedra uma ponte.
Um carro vermelho e um preto. Uma loja. Uma camioneta, uma bomba de gasolina.
Um cinal
duas carrinhas
uma bicicleta, fogo de propósito, um póster e uma torre"

Todo feliz chegou a casa e mostrou-me o que escreveu:
- Mãe, mostrei á avó e ela diz que não tem erros

Bem aqui tive de explicar umas coisas á criança, depois fomos corrigir os erros e aí começam as perguntas para as quais eu não tenho resposta.

- porque é que orta se escreve horta? o h nem se lê
- e porque é que "muinto"  se escreve muito? eu digo mal mãe? NÃO, então porque tenho de escrever diferente?
De facto no tempo de Camões dizia-se "mai" o que veio a dar mãe, e mia, que veio a dar minha, e assi que passou a assim, entre outras,  mas em relação ao muito, no meio de tanto acordo e reacordo ortográfico nunca viu a sua grafia alterada.

De facto a fonética não corresponde á grafia.
Depois meti-me a pensar e de facto tem mais, escrevemos "foram" mas dizemos forão, "fizeram" mas dizemos fizerão, e porque escrevo isto com "z" e não com "s" ? sim porque entre vogais um só "s" se lê "z"?  porque não usamos o Z em vez do S entre duas vogais

Temos também o caso da "mortandela" (mortadela)
E o mudo, para que raio serve o mesmo???

E a famigerada cedilha???!!! ora (qual é a diferença entre este ora e hora?) digam lá o alfabeto: A, B, C, D, ... Z, em lado nenhum temos o Ç. Porque raio escrevemos açucar em vez de assucar, de onde vem esta cedilha atrapalhar?

Para mim, em miúda a "facilidade em aprender" inglês era a falta de tempos verbais deles em relação aos nossos, por sua vez para eles aprender português deve ser complicado, com tanto tempo verbal aos quais têm de acrescentar estas e outras incoerências.

Eu não estive de acordo com o ultimo acordo ortográfico, de modo nenhum, mas já que tanta asneira fizeram bem podiam uniformizar língua/escrita, não para mim, que deixei  de saber escrever português com esses acordo, mas pelas perguntas complicadas das crianças.
Bem pelo menos como estou agora a tirar a 2ª classe (para mim) 2º ano para o meu filhote, com ele, pode ser que ainda aprenda alguma coisa

Pronto e agora, que alterei uma ou outra coisa no texto (pk não será teixto?) esta coisa recusa-se a actualizar, embora o botão diga atualizar tal como recepção será sempre recepção, porque raio tem de ser receção é que esta ultima soa-me sempre a recessão