Páginas

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Dálias - o meu ramo

No passado dia 26 de Janeiro, coloquei numa jarra um lindíssimo ramo de Dálias, (o qual não fotografei, mas era enorme) coloquei-a na mesa do meu "buraco" e lá viveu e secou, mas como mesmo seco era lindo lá foi ficando.
No dia 18 de Abril, o ramo já estava feio, e fui deitá-lo fora, mas, no meio de todos os pés de Dália, destacou-se um, que, por incrível que pareça, tinha uma pequenina flor a querer  nascer.
Não o deitei fora, deixei-o ficar na jarra com mais alguma da verdura que também não estava feia.


tinha também 2 amostrinhas de flor a tentar nascer, não pensei que nascessem.

Voltei a fotografar a minha Dália a 22 de Abril, entretanto ofereci-lhe uns malmequeres. para lhe fazerem companhia


A 29 de Abril, eu sei que não está muito viçosa, mas continua viva, o mesmo não posso dizer dos malmequeres

Estamos a 3 de Maio, e ela continua na sua jarra